Keren Kayemet LeIsrael - KKL Brasil


Artigo

Delegação do Parlamento Europeu visita Israel e se encanta com o trabalho desenvolvido pelo KKL

Membros da delegação do Parlamento Europeu para Relações com Israel vieram visitar o pais para observar em primeira mão as atividades do KKL com relação a  água, terra e questões ambientais. Entre os participantes estavam o atual presidente Bastiaan Belder e o seu sucessor Fulvio Martusciello.

 

“Nós viemos aqui para conhecer o país mais profundamente, a partir de um desejo de ajudar a promover o desenvolvimento sustentável em Israel” disse o presidente da Delegação Europeia.

 

O passeio dos visitantes começou pela estação de tratamento de aguas residuais próxima a Nablus, construída na década passada numa joint-venture entre o Vale de Hefer e o conselho regional de Tulkarm, na Judéia e Samaria, como uma solução local para os problemas ambientais.
O esgoto vem do lado palestino da fronteira, do poluído rio Nablus e da cidade de Tulkarm. Este desague é tratado em piscinas de precipitação e oxigenação e misturado com água salobra de poços artesianos locais antes de ser reutilizado para a agricultura, na irrigação das plantações de frutas cítricas e abacate.

 

Os palestinos não têm interesse na utilização desta água recuperada. Israel, no entanto, é o líder mundial na recuperação de águas e a encara como uma oportunidade para simultaneamente beneficiar o meio ambiente, a agricultura e a coexistência palestino-israelense.

 

1

At the Nablus River Wastewater Treatment Facility with Umberto Yaakov. Photo: Yoav Devir

 

Umberto Yaakov, o diretor operacional da instalação, explicou que a estrutura foi planejada para lidar com cerca de 9.500 metros cúbicos de águas efluentes por dia. Hoje, no entanto, ela está tendo que trabalhar com uma quantidade de 20.000 metros cúbicos e há o receio de que a qualidade da água tratada possa ser afetada por este aumento.

 

Yaacov acrescentou que, nos recentes anos, a cooperação com a Autoridade Palestina cessou: “Não só eles lançam esgoto não tratado em Israel, como não dão nenhuma informação com relação a quantidade de esgoto que estão mandando, de modo que nós não podemos nos preparar propriamente com antecedência”.

 

“O KKL e outras entidades investem milhões no tratamento do esgoto que chega dos territórios da Autoridade Palestina e, desta forma, promovem a cooperação entre israelenses e palestinos.” Disse Bastiaan Belder. “Eu estou profundamente admirado pela contribuição dada pelo KKL ao Estado de Israel e ao povo judeu.”

 

2

Photo: Yoav Devir

3

Delegation photo at Yarkon Park. Photo: Yoav Devir

 

A próxima parada foi no rio Yarkon, em Tel Aviv, onde os visitantes foram apresentados a Yonatan Raz, ecologista da Autoridade de Yarkon, filiada ao departamento de Águas e Fontes de Israel. Raz forneceu aos convidados uma descrição do projeto de reabilitação de Yarcon do qual o KKL é sócio, com a ajuda de seus amigos em todo o mundo.
O projeto abrange uma variedade de atividades em prol da melhoria da qualidade e da quantidade de água; da remoção de poluentes; construção de represas, desenvolvimento da biodiversidade, restauração da vegetação ribeirinha, e a provisão de construções de zonas úmidas para a purificação biológica da água.

 

4

With Avi Dickstein (left) and Fulvio Martusciello (2nd from right). Photo: Yoav Devir

 

A tarde, os membros da delegação se encontraram com o Embaixador italiano em Israel, Francesco Maria Talò e o diretor executivo da divisão de Relações Publicas e Desenvolvimento de Recursos, do KKL Avi Dickstein.

 

 

O segundo dia de passeio foi para o nordeste israelense, onde o itinerário incluiu a visita ao Parque de reserva de biosfera de Ramant Menashe; um passeio até a fronteira e ao lago Hula, um dos mais famosos locais para a observação de pássaros, o qual é desenvolvido e mantido pelo KKL com a ajuda de seus colaboradores ao redor do mundo.

 

Depois de dois dias fascinantes, os delegados europeus retornaram para suas casas com uma compreensão mais profunda da situação política e um conhecimento mais aprofundado das atividades do KKL.

 

“As relações entre Israel e Europa são profundas”, disse o antigo presidente Bastiaan Belder, “mas a tendência em focar no conflito palestino-israelense tem se tornado quase uma obsessão no que se refere aos europeus. Nós temos que começar a olhar a situação de uma maneira mais balanceada”.

 

“Eu acredito que se nós contarmos ao povo na Europa sobre a Israel real, a sua imagem mudará e as relações com vários países melhorarão”, concluiu o atual presidente da delegação, Fulvio Martusciello.

Nenhum comentário

Seus comentários:


Deixe aqui o seu comentário!