Keren Kayemet LeIsrael - KKL Brasil


Artigo

Destruição de 7 hectares de mata atlântica no cartão postal nas margens dos manguezais do rio Potengi – Natal / RN.

A capital potiguar foi abençoada pelo seu esplendor verdejante de suas florestas de matas atlântica e de manguezal, além de contar com seus inúmeros cordões de dunas, essa é a nossa característica geografia.

 

Quando sobrevoamos a cidade de Natal, pensamos de imediato que o paraíso é aqui. Quando navegamos a por sua costa, de longe seus edifícios aparecem, mas o brilho maior são seus grandes atrativos naturais de suas dunas e manguezais de um verde intenso.

 

Nosso estado tem o nome de Rio Grande do Norte por causa do rio Potengi. O rio Potengi corta toda a cidade. É justamente nas margens do seu leito que existe uma importante área de proteção ambiental, denominada ZPA 08, formada por uma floresta de manguezal, protegida ao longo do rio por uma mata ciliar de floresta de mata atlântica, onde nascentes de águas cristalinas, encontram-se abundantemente.

 

Como cidadão potiguar apaixonado por minha terra e por suas belezas naturais, quero fazer um grande apelo.

 

Mas, quase não é preciso dizer muito não, pois as imagens que aparecem neste vídeo, mostra toda uma incompreensão humana, pelo qual estamos vivenciando nesse tempo de extrema mudança climática, como assistimos recentemente neste ano de 2017, numa temporada incomum de diversos tornados e furações que destruíram vários países do caribe, atingindo uma parte do México e dos EUA, como nunca visto anteriormente.

 

É urgente que os ministérios Público Federal e Estadual embarguem de vez esta obra. Existem alternativas menos impactantes e conscientes que tragam sustentabilidade, e que não sejam nesta área.

 

Temos que agregar valor financeiro no aspecto ambiental, pelo conjunto de suas belezas cênicas, paisagísticas e na possibilidade de um conjunto de edificações fora da ZPA 08, que possa se instalar, como um novo polo de desenvolvimento turístico para a capital potiguar e na implantação efetiva do Parque dos Mangues do Rio Potengi.

 

Reconhecemos a importância e a necessidade urgente dos serviços de saneamento e tratamento das águas servidas da população. Mas não é por esse motivo que devemos permitir a construção dessa ETE (Estação Tratamento de Esgoto) nas margens do rio Potengi, na localidade da gamboa do rio Jaguaribe.

 

Diante de tudo isso, temos que mudar. Não podemos assistir de braços cruzados, na porta da entrada da nossa casa, na sala de visita, que nossa riqueza biológica da floresta de manguezal e sua mata ciliar, de mata atlântica sejam sugadas pela gestão pública bancada com o capital do contribuinte.

 

Destruição de 7 hectares de mata atlântica no cartão postal nas margens dos manguezais do rio Potengi – Natal / RN- VIDEO.

 

 

Haroldo Mota
Ambientalista
Natal RN

Nenhum comentário

Seus comentários:


Deixe aqui o seu comentário!